LANÇAMENTO
JORNAL MANIPRESTO

Na última quinta-feira, 24 de maio, aconteceu em São Paulo o lançamento de um jornal voltado à todos os antenados à arte: o Manipresto. Uma idealização de Houssein Jarouch, dono da loja Micasa, conhecida loja do ramo onde são vendidas peças de mobiliário e decoração contemporâneos. O evento ocorreu na “Casa do Lado” (um anexo que faz parte da loja Micasa), e reuniu além do lançamento do jornal, a abertura da exposição com intervenções e obras de arte: a “Casa do Lado” foi revestida com telhas de polipropileno com uma iluminação interna, muito bacana com a chegada da noite. No seu interior, que foi todo revestido de plástico bolha branco, abriga obras de Houssein Jarouch, Abdiel Vicente, Ivone Paiva e Bruno Gomes, todas com uma influência Pop.

O jornal Manipresto promete tratar sobre arquitetura, urbanismo, design, artes plásticas e música, com a colaboração de profissionais de destaque como: Mila Chiovatto (cordenadora do núcleo de ação educativa da Pinacoteca do Estado) e Guto Requenha, arquiteto conhecido pelo design contemporânio estudioso da cibercultura.

A tiragem do jornal ainda é baixa, com 1.000 exemplares, trazendo a cada edição uma obra de arte exclusiva. Na primeira, a gravura “POPSI” do artista plástico Abdiel Vicente que também está exposta na mostra.

A exposição é aberta ao público e ficará até o dia 23 de junho. Caso vá a exposição, não deixe de pegar um exemplar do jornal (a distribuição é gratuita). Também não deixe de visitar a loja que é realmente muito legal, pela sua arquitetura, projeto do escritório MK27 de Márcio Kogan, e pelas suas peças exclusivas.

Micasa

 

PALESTRA ARQBACANA:
MARCIO KOGAN

O site Arqbacana promove palestras mensalmente de arquitetos e escritórios de arquitetura conhecidos para apresentarem seus projetos. Esse mês o arquiteto escolhido foi Márcio Kogan e seu escritório Studio MK27.

O escritório, bastante conhecido e premiado dentro e fora do Brasil, tem  cada vez mais se destacado, chegando até a ganhar em 2011 o título de membro honorário do AIA (American Institute of Architects). Com uma equipe de 22 pessoas, percebe-se o tempo todo a procupação do arquiteto em manter o escritório pequeno para não perder em qualidade.

Kogan começou a palestra contando um pouquinho de sua paixão não só pela arquitetura, mas pelo cinema. Quase todos os projetos foram apresentados com pequenos curtas mostrando a versatilidade de seus projetos, na maioria das vezes com grandes painéis de vidro ou brises de madeira que abrem e fecham em uma busca incessante do arquiteto pela permeabilidade dos espaços e pela dissolução de conceitos do que é interno ou externo. Outra característica marcante em sua arquitetura é a importância dada ao caráter artesanal de suas obras, com todos os detalhes desenhados pelos arquitetos do escritório, desde a paginação de fôrmas para criar as texturas que vemos nas empenas de concreto, os brises ou “muxarabis” que vemos nos painéis das fachadas e até o preciosismo de detalhes de puxadores para os móveis.

Entre seus projetos mais famosos, a Casa Paraty foi desmembrada por seus criadores nos trazendo um pouco das problemáticas enfrentadas pelo escritório, como a dificuldade de se levar os materiais para sua construção, visto que a casa encontra-se numa ilha , suas soluções estruturais e rumos tomados respeitando as opiniões dos clientes.

Outro projeto que eu particularmente gosto muito é do Studio SC que é um estudio de fotografia de alimentos. As soluções apresentadas pelo escritório são bastante eficientes e elegantes, nos apresentando uma inusitada e criativa circulação por esses espaços, através de uma passarela suspensa, dessa forma,  sem atrapalhar o espaço destinado as fotografias.

 

Para saber mais sobre as palestras que o site oferece acesse o link Arq!bacana, as palestras são sempre realizadas no Museu da Casa Brasileira. Entre as próximas palestras estão o escritório Triptyque no dia 16 de maio, Arthur Casas no dia 13 de junho e Aflalo e Gasperini dia 22 de agosto.

Seguem mais algumas fotos de projetos apresentados na palestra:

Casa Bahia

Casa Tobleroni

Casa dos Ipês