PORTA DE ENTRADA

No sábado passado, decidimos resolver a questão da porta de entrada da nossa casa! Ela é fundamental para a definição dos alinhamentos da fachada. Já havíamos procurado em vários lugares, entre eles o gasômetro (em São Paulo), que possui uma grande concentração de lojas de portas e ferragens. Após as buscas, não encontramos o que procurávamos: uma porta com o estilo da época da casa. Com a dica de uma amiga do trabalho fomos ao deposito da Demolidora Solon (www.demolidorasolon.com), que fica um pouco depois da cidade de Cotia. Um paraíso para quem busca material antigo (portas, janelas, portões, dormentes, etc.), e com preços bem honestos!! Passamos algumas horas no local nos divertindo e achamos nossa porta (esta da foto acima), com detalhes geométricos, bandeira com vidros e altura de 2,40 metros (ideal para o pé direito de 3 metros). Ela precisa de um bom trabalho de restauro, mas a madeira (Cedro Rosa) está intacta, e o preço foi ótimo: R$ 250. Aproveitamos e levamos também algumas vigas de Peroba de demolição, que devem ser usadas para a bancada do lavado. Abaixo algumas fotos do depósito da Solon:

BANQUINHOS SÃO JOÃO

Os Banquinhos São João com design de Tânia Bueno, além de lindos, são super versáteis. Produzidos em MDF, recebem estampas personalizadas, cores sólidas ou exibem a madeira natural (quando produzidos com madeiras de reaproveitamento). Há sempre lugar para eles na sua casa, como apoio, objeto de decoração e para gerar aquele lugar a mais quando receber os amigos.

Os preços partem de R$ 60, podendo chegar a R$150 os mais trabalhados. Para encomendar o seu ligue para: (11) 98718-4866. Se estiver em São Paulo, você encontra os banquinhos na loja Adorno Madeiras e objetos (Rua Fradique Coutinho, 346, Pinheiros-SP).

REVESTIMENTO DE PAREDE
MADEIRA

A madeira dispensa apresentações. Com sua imensa gama de cores, texturas e aplicações diferentes, ela traz aconchego e calor aos ambientes. Uma parede revestida em madeira sempre ganha um destaque especial.

João Armentano – Pau Ferro

Das mais nobres, as recicladas, reaproveitadas de demolição, painéis, filetadas, paginadas, em tábua, etc, a madeira é sempre algo atemporal.

Dado Castello Branco – Loja Antônio Bernardo

Guto Requenha – madeira de demolição

Ana Maria Viera Santos

Presente em todos os tipos de ambientes, cozinhas, livings, banheiros, dormitórios, escritórios, comércio, restaurantes, etc. Atualmente estão em alta os painéis de madeiras com veios mais marcados como o ipê e pau-ferro, por exemplo, com veios na vertical .

Roberto Migotto – Mostra Black 2012 – Madeira Ipê

João Armentano – madeira ipê