MARCHI CUCINE NO BRASIL

Ontem (11 de outubro), foi inaugurada a primeira loja da Marchi Cucine das américas, e o local escolhido não poderia ser outro: a Alameda Gabriel Monteiro da Silva (em São Paulo), a rua que concentra as principais grifes de produtos para casa.
A Marchi Cucina foi fundada na Italia, em 1977, por Gianluigi Marchi, com objetivo de produzir cozinhas artesanais e exclusivas sempre em busca da perfeição técnica e estética.
O resultado você pode ver em algumas fotos que eu selecionei, são ambientes incríveis que leva qualquer um a sonhar!!!


Serviço:
Marchi Cucine San Paolo
Alameda Gabriel Monteiro Da Silva, 1388 – São Paulo – Brasil
www.marchicucine.com.br

TRIÂNGULO EMBUTIDO

Mais um desafio iniciado antes das obras: O restauro do armário embutido da cozinha! Ele ocupa uma “sobra” da planta da casa, entre o hall, a cozinha e o living, formando uma espécie de prisma triangular. O interior ainda preserva revestimento e pisos originais, e as prateleiras são de granilite. Nessa primeira etapa retiramos as portas e dobradiças, e removemos as muitas camadas de tinta acumuladas durante décadas, que escondiam os detalhes das portas. Em seguida, após a parte pesada da obra, iremos limpar o interior e pintar novamente as portas. Veja mais detalhes do restauro:

O armário embutido é um triângulo entre hall, cozinha e living

Portas e dobradiças foram removidas


Com o auxílio do gel removedor Striptizi as diversas camadas de tinta foram extraídas

Para finalizar esta etapa, utilizamos uma lixadeira orbital para eliminar as sobras de tinta

RETROFIT

Retrofit é um termo cada vez mais utilizado por arquitetos e engenheiros, é a junção de retro (do latim: para trás) e fit (do inglês: ajustar, adaptar-se). Ele se aplica a uma reestruturação/modernização das instalações (elétricas, hidráulicas, portas, esquadrias, telhados, etc) de um imóvel antigo preservando sua arquitetura e essência, diferente de uma restauração, que é empregada em construções tombadas e deve manter fielmente suas características.
Apesar desta reestruturação ter quase o mesmo custo de uma construção nova, ela possui muitos benefícios, como: sustentabilidade (gera-se pouquíssimo entulho, economiza-se energia, utiliza-se menos materiais, etc), preservação da identidade do bairro e da época, além de gerar projetos únicos e exclusivos.
Veja alguns retrofits residênciais bem interessantes:

SOBRADO – São Paulo/SP
Uma artista plástica e um músico, compraram um sobrado muito deteriorado por décadas de má conservação. Com a ajuda dos arquitetos Leonardo Sette e Maria Isabel Imbronito, “colocaram a casa em ordem” em um retrofit muito bacana.

Fotos: Divulgação

GALPÃO – Porto Alegre/RS
Uma frente de apenas 3,5m e totalmente destruída, não foi barreira para o estúdio Urbana Arquitetura transformar um antigo galpão em incrível loft para um jovem advogado.



Fotos: Marcelo Donadussi/Divulgação

APARTAMENTO – São Paulo/SP
Vencedor na categoria Retrofit do Prêmio Planeta Casa 2011, este apartamento da década de 1950 no bairro de Higienópolis, foi “retrofitado” pelo arquiteto Gustavo Calazans. A eliminação de algumas paredes favoreceu a iluminação natural e a estrutura de alvenaria a mostra da o toque rústico/contemporâneo.

Fotos: Divulgação

CASA – São Paulo/SP
Neste projeto do arquiteto Carlos Verna no Alto da Lapa, em São Paulo, a redistribuição dos cômodos internos e a renovação da fachada deram fôlego a esta antiga casa dos anos 1940. Muitas paredes com tijolos a vista (que só uma casa antiga propicia naturalmente) e a completa integração com o verde presente na área externa do terreno, dão o ar de campo desejado pelos proprietários.

Fotos: Eduardo Pozella/Divulgação