A VOLTA DO DOLCE ABITARE


Nesses últimos 12 meses bastante coisa aconteceu. A reforma da “A Casa Mia“foi finalizada, nos mudamos finalmente para ela e adotamos um filhote de golden para nos acompanhar nessa nova fase da nossas vidas.

Como todo mundo sabe, obras são sempre cheias de surpresas inesperadas e quase sempre acaba fugindo das nossas aspirações iniciais. Falo isso como arquiteta que trabalha com obra a quase 10 anos… Se gerenciar reforma de outras pessoas já é bastante árduo e desgastante, com certeza absoluta dá um milhão de vezes mais trabalho quando a obra é nossa.

Muitos perrengues foram superados, tivemos um sério problema com o empreiteiro que estava fazendo a obra – fica a dica tá! Eu como arquiteta prego isso a todos os meus clientes e amigos, mas como “Casa de ferreiro, espeto é de pau”, agente só aprende vivendo – Mesmo que você tenha um empreiteiro de extrema confiança, para uma obra de grande porte como foi a minha, sempre que puder optar por uma construtora ou empresa de engenharia que te faz um contrato com prazos, gastos e serviços muito bem definidos, OPTE PELA CONSTRUTORA!! Foi a decisão que acabamos tomando. Um empreiteiro pode ser mais barato, mas as dores de cabeça e a falta que faz ter um engenheiro que responda pela sua obra faz toda a diferença. Quase sempre a economia não se justifica.

Hoje, mais de um ano depois vou postar aos poucos como ficou o resultado do nosso sonho bastante turbulento… Além de continuar compartilhando ideias, referências e inspirações para o seu Dolce Abitare!

MOBY FROM L.A.

Vivendo há cerca de dois anos em Los Angeles, o músico nova-iorquino Moby, mantém um blog de fotografias das construções da cidade. Ele diz ter se apaixonado pelo caos arquitetônico de L.A., onde é possível ver na mesma rua diversos estilos muito diferentes, e muitas criações “estranhas”, palavra recorrente em seus posts. Acesse o Moby Los Angeles Architecture Blog em mobylosangelesarchitecture.com

MOSTRA NA CASA DE VIDRO

Está em cartaz na Casa de Vidro de Lina Bo Bardi a exposição The Insides Are on the Outside/O Interior Está no Exterior, que conta com obras inéditas produzidas por 34 artistas e arquitetos nacionais e internacionais, entre eles: Cildo Meireles, Waltercio Caldas, Paulo Mendes da Rocha, Olafur Eliasson e Sarah Morris. As criações estão inseridas junto aos objetos originais da casa, que foi residência da arquiteta iltaliana e seu marido, o marchand Pietro Maria Bardi. Esta é também uma ótima oportunidade para conhecer a casa de vidro, construída em 1951 e marco da arquitetura de São Paulo.

Endereço Rua Gal. Almério de Moura, 200 – Morumbi – São Paulo/SP  Telefone  11 3744-9902 Data 5 Abr-30 Mai Horário Ter. a dom., 11h-17h – Valor: Gratuito ou R$20,00 a visita monitorada

ESTILO FUNCIONAL

Este lindo apartamento parece muito maior do que realmente é. O piso de madeira aplicado em todo o espaço como um piso único nos trás uma sensação de grande amplidão, e ainda contrasta perfeitamente com a linha clean e moderna da marcenaria muito bem executada. Com quase nenhuma parede interna, os espaços são delimitados pelo layout com incríveis peças cuidadosamente escolhidas pontuando com cores em lugares estratégicos.

Fonte: atcasa.corriere.it

REVESTIMENTOS DE PAREDE

Uma boa dica para valorizar uma parede importante é a utilização de um revestimento legal. As texturas dos revestismentos podem trazer aconchego e calor aos ambientes , humanizando o lugar. Podem ainda, dependendo do resvestimento, trazer nobreza ou modernidade. Fiz uma lista de revestimentos que eu  gosto com algumas lojas e empresas que acho bastante competentes, vou postando aos poucos porque é muita informação.

Tijolinho

Para deixar o ambiente com cara de rústico, moderno e até uma referência provençal, o tijolinho aparente é uma boa pedida. Com toda sua  versatilidade, e muitas vezes como uma opção mais em conta, acabou se tornando um material nobre dependendo da colocação. Em seu estilo mais moderno nos remete bastante aos Lofts Nova yorkinos. Com aquela cara de “desgastado”ou feito uma “pátina” é sem duvida provençal europeu  e com a mistura da madeira fica bastante rústico podendo até ter uma pegada meio country. É bastante interessante com as variações de suas cores e até com pintura.

Se você vai construir ou tem a opção de descascar uma parede e deixá-la com o tijolinho a vista, ótimo, mas se você não tem essas opções uma boa alternativa é a existência do revestimento de tijolinhos. A empresa Palimanan, que comercializa pedras naturais importadas, está trazendo também uma linha que imita o tijolinho de barro, com algumas variações de cor. Ele não chega a ter dois centímetros de espessura e pode ser aplicado com massa comum ou uma colorida que se aproxima da cor do tijolinho. No ano passado e neste ano está em vários ambientes da Casa Cor.

Palimanan

Pedras naturais, cacos e seixo

Essa mesma empresa que importa os tijolinhos também importa umas pedras naturais da Indonézia que também são lindas. Tem as opções com corte padronizado, cacos e seixo telado.

Fora essas opções, temos as nossas pedras brasileiras que também fazem bonito, sempre trazendo aqueles ares mais rústico.

Papel de parede

Ahh papel de parede é muito legal né? Adorooo… E atualmente tem se usado papal de parede em todos os tipos de ambientes até em lavabos. Com muitas opções de cores, texturas e acabamentos, é muito rapido de ser aplicado, prático e não faz quase nenhuma sujeira. Infelizmente não temos como comparar os papeis nacionais aos importados, a qualidade é extremamente diferente, e o preço também. Mas ainda assim vale super apena. Algumas lojas que comercializam esses papeis importados é a Celina Dias, a Wallpaper e Wallcovering.

Por hoje é só! Amanhã eu posto mais sobre os  revestimentos!